BetConstruct Pede Tributação Baixa no Brasil

Pedidos para reduções de impostos brasileiros A diretora regional da América Latina da BetConstruct, Anna Shahbazyan, está fazendo lobby junto ao governo brasileiro. Ela está pedindo tributação baixa no primeiro ano de investimento no país. Ou melhor ainda, nenhuma tributação. Segundo ela, isso não só maximizaria qualquer investimento no país, incentivando as partes interessadas, como também ajudaria as empresas a aceitar as novas regras regulatórias implementadas. Ela se referiu especificamente às novas regulamentações sobre apostas esportivas no Brasil, que entraram em vigor recentemente.

As palavras foram ditas por Shahbazyan em uma audiência pública na Câmara dos Deputados no Brasil. O objetivo da audiência era um debate sobre regulamentações para apostas on-line, e a Diretora Regional expôs sua opinião claramente. Ela levantou uma série de pontos sobre vários aspectos da regulamentação, abordando a concorrência leal e o ainda existente mercado negro de apostas na região.

Concorrência Leal é Fundamental

Shahbazyan falou apaixonadamente, declarando que o governo brasileiro deveria levar em consideração o tamanho dos investimentos sendo feitos, e quanto trabalho seria necessário para obter um retorno sobre o investimento. Ela afirmou que, com certeza, uma tributação menor deveria ser implementada no primeiro ano, ajudando os investidores a criar uma base muito necessária.

Seu ponto principal girou em torno dos monopólios que estavam se formando no país, capazes de devorar rapidamente o mercado antes que qualquer concorrente tivesse a chance de se estabelecer. Tratava-se de concorrência leal, ela enfatizou. Embora ela tenha sido rápida em acrescentar que a criação de um ambiente de negócios saudável também seria fundamental para ajudar o crescimento econômico, incluindo oportunidades de emprego para os moradores locais. Uma situação positiva para os envolvidos.

Controlando a Atividade do Mercado Negro

O último ponto levantado por Shahbazyan foi que receber novos investidores seria essencial para eliminar a atividade do mercado negro. Isso beneficiaria tanto os investidores quanto a economia local. Ela ressaltou que qualquer empresa que investir no país gostaria de se sentir segura e protegida, sabendo que suas operações estão sob controle. Da mesma forma, o controle do mercado negro seria melhor implementado por operadores licenciados e legais oferecendo alternativas seguras.

O consenso geral foi de que a Diretora Regional argumentou bem em cada palavra e que com certeza seu discurso receberia atenção. Quanto a se quaisquer ações serão tomadas com base em suas palavras, ainda não se sabe, mas espera-se que as palavras encontrem os ouvidos certos, para que os regulamentos avancem na direção certa.

Postado por Joel Howell
2019-06-10