Famosa marca de casinos multada em milhões

Nas últimas notícias do iGaming, o gigante internacional William Hill, de apostas de casino e esportivas, foi multado em £ 6,2 milhões pelas autoridades britânicas por não proteger seus jogadores e não impedir a lavagem de dinheiro através de seus canais de jogos.

A multa foi imposta pela Comissão de Jogo do Reino Unido (UKGC), que afirmou que o operador tinha uma "falha sistêmica da alta administração" para aderir às suas regras de responsabilidade social e antilavagem de dinheiro (AML). As violações alegadamente ocorreram entre o final de 2014 e agosto de 2016, com as autoridades reguladoras alegando que a alta administração do William Hill não colocou pessoal suficiente para garantir que suas regulamentações fossem seguidas corretamente.

Autoridades reguladoras lançam repressão mundial

O William Hill é um de muitos operadores de casino on-line internacionais a serem questionados ultimamente pelos protocolos de proteção ao jogador mais brandos — e isso não é apenas no Reino Unido, no qual os sistemas das casas de apostas foram descobertos negligenciando a proteção de seus jogadores. No caso do William Hill, dez apostadores diferentes conseguiram lavar dinheiro, gerando mais de £ 1,2 milhão em receitas para a empresa. Alegadamente, o operador de apostas não buscou a fonte desse dinheiro, violando várias leis europeias.

Operar em um mercado regulamentado, como o da Grã-Bretanha ou o de Portugal, mantém os operadores de apostas trabalhando em padrões elevados quando se trata de proteção ao jogador, embora tenha sido constatado que muitas casas de apostas multinacionais estejam aquém desses requisitos. O William Hill agora enfrenta uma multa de £ 5 milhões por violar as leis, e também será obrigado a entregar os £ 1,2 milhões que ganhou através de transações fraudulentas.

As autoridades reguladoras comentaram as violações, observando que usarão seus poderes de aplicação da lei para garantir que o jogo on-line seja mais justo e seguro para todos os jogadores. Eles observaram que a transgressão do William Hill foi uma "falha sistêmica" que continuou por quase dois anos e que a multa pesada de £ 6,2 milhões reflete adequadamente suas violações.

Portugal e Brasil se mantêm com posicionamento rígido

De acordo com a UKGC, os operadores de jogos de azar também têm a responsabilidade de garantir que os criminosos e suas atividades sejam mantidos fora do iGaming, e que essas incidências de jogo problemático sejam abordadas de todos os ângulos possíveis. Ela também observou que, como parte dessas responsabilidades, eles sempre devem estar atentos quanto à origem do dinheiro que eles aceitam.

O William Hill deixou os mercados portugueses e brasileiros em 2015, e pouco a pouco essas indústrias de jogo começaram uma repressão massiva contra operadores sem escrúpulos com práticas inadequadas de proteção de jogadores.

A esse respeito, Portugal e Brasil têm posicionamentos particularmente rígidos sobre o jogo responsável e a proteção dos jogadores, oferecendo um excelente exemplo para outros reguladores quanto à prevenção de crimes relacionados a jogos de azar em seus próprios mercados locais.

Links das fontes:
https://www.casinolistings.com/news/2018/02/william-hill-slammed-with-6-2-million-fine

Postado por Joel Howell
2018-02-28