GAMING1 De Olho na América

A GAMING1 busca participação no mercado americanoA GAMING1 é uma empresa que está acostumada a entrar para a história. Ela foi a primeira organização a adquirir uma licença para operar apostas esportivas e um cassino on-line junto a Coljuegos, entidade reguladora de jogos de azar na Colômbia, e agora está de olho no recentemente liberado mercado dos Estados Unidos.

Sua estreia no mercado colombiano foi em parceria com um grupo local, o Vicca Group. O Diretor Executivo do Vicca Group à época, Sylvain Bonniver, afirmou que a Colômbia, como região, estava estabelecendo o padrão e virando referência para o restante da América do Norte. Juntas, as empresas tiveram um gostinho do que era o verdadeiro pioneirismo no ramo, e, agora, a GAMING1 está pronta para alcançar o próximo patamar no seu sucesso: o mercado dos Estados Unidos.

Um Modo Diferente de Trabalho

Victor Araneda, Diretor de Desenvolvimento de Negócios Internacional da GAMING1, recentemente falou a um importante portal de notícias sobre cassino sobre os planos e aspirações da empresa para o futuro, especificamente com relação à sua expansão para o resto dos Estados Unidos.

Araneda falou detalhadamente sobre a abordagem da empresa, que é a de fazer a coisa certa desde o início, focando especialmente na operação em mercados regulamentados. Atuar com legitimidade sempre foi uma prioridade, e desde os primórdios da empresa houve a percepção de que essa seria a única maneira de permanecer relevante e, acima de tudo, viável.

É um sistema e um código de ética que vem funcionando para a GAMING1.

O Diagnóstico Preliminar é Crucial

Além de operar apenas em mercados regulamentados, a empresa também limitou sua atuação apenas a mercados localmente regulamentados. E isso é citado como um fator importante para o seu imenso sucesso.

Araneda destacou que a empresa simplesmente seguiu o modelo específico utilizado desde o seu início. Encontrar um mercado regulamentado, identificar as necessidades daquele mercado e criar uma plataforma desenvolvida especificamente para aquele mercado.

No que se refere aos EUA, A GAMING1 acredita que a Associação Americana de Jogos de Azar (AGA, na sigla em inglês) é crucial para a operação bem-sucedida no país. Por causa disso, a empresa deu início a uma parceria com a AGA há cerca de um ano e, consequentemente, está melhor preparada do que a maioria de suas concorrentes para obter sucesso em um mercado extremamente competitivo.

Fontes:

https://www.sbcamericas.com

Postado por Joel Howell
2018-09-21