Os traços internacionais da culinária tradicional brasileira

Um prato de lasanha.Autor: jules / stonesoupO Brasil conta com uma das gastronomias mais ricas de todo o mundo e a razão para que assim seja é, em grande parte, a sua vertente multicultural. País diverso e populado, o Brasil contou, pois, com uma construção cultural feita a par com a chegada de imigrantes de todo o mundo. Imigrantes europeus e asiáticos trouxeram consigo muito do que as suas terras e culturas tinham de melhor e, a par com a sabedoria indígena, ajudaram a construir uma culinária que reflete bem o principal traço brasileiro: a multiculturalidade.

Tendo começado antes do século XX, a imigração para o Brasil nunca parou. Nesta onda de migração, o Brasil recebeu traços de sabedoria culinária distintos, que integram, ainda nos nossos dias, a gastronomia local, fazendo parte dos hábitos alimentares de qualquer brasileiro.

Dos italianos, dos alemães, dos japoneses e, claro, dos portugueses, chegaria ao brasil um sem fim de pratos, diversos e saborosos, que se cozinhariam e elevariam também com os traços de uma herança indígena. Hoje, vamos conhecer 5 receitas comuns no Brasil que foram trazidas de outras culturas pelos seus imigrantes.

1. Lasanha

São Paulo é uma cidade onde a lasanha tem um toque especial e se aprecia com frequência. Este prato faz parte do cardápio de vários restaurantes… e não é de estranhar que assim seja! Mesmo no começo do século XX, os italianos a residir nesta cidade representavam já 30% da sua população e, a par com as suas gentes, estes trouxeram, também, muito da deliciosa culinária de Itália.

O sabor da massa fresca, com a carne confeccionada a preceito e o molho caseiro fazem parte da oferta cultural italiana à gastronomia brasileira.

Prato com várias peças de sushi

2. Sushi

O sushi é outro dos pratos que se pode provar no Brasil e que foi trazido por imigrantes. Em concreto, esta iguaria deve-se à forte presença de japoneses no seio do país. A cultura nipónica é, em várias cidades brasileiras, absolutamente incontornável, sendo que este país abriga uma das maiores comunidades japonesas do mundo.

O sushi tradicional tem lugar nas ruas brasileiras e conta, inclusivamente, com adaptações translocais, como é o caso do Hot Roll, uma comida de fusão entre o sushi convencional e as iguarias panadas.

3. Paella

Da tradição espanhola para as mesas brasileiras veio um dos pratos mais icónicos de todo o mundo: a Paella. Este prato, cuja base é o arroz, é preparado com frutos do mar, picanha, frango e açafrão e traz consigo muito da tradicionalidade gastronómica do país ibérico.

Contando com inúmeros imigrantes espanhóis, o Brasil herdaria, assim, uma nova forma de confeccionar os frutos do mar, bebendo da sabedoria de preparação dos mariscos, que tanto carateriza a gastronomia espanhola.

Prato de bacalhau – Autor: Francisco Antunes

4. Bacalhau à Moda

Os maiores colonizadores do Brasil (e também os primeiros) foram os portugueses e, por isso mesmo, a sua presença cultural está presente um pouco em todo o lado. A gastronomia portuguesa influenciou grandemente a culinária brasileira e trouxe, entre outras iguarias, os pratos deliciosos de bacalhau.

O Bacalhau à Moda é muitas vezes servido, no Brasil, em dias especiais como a Páscoa ou a Passagem de Ano e provêm da sabedoria cultural lusitana.

5. Homus

Também os imigrantes árabes – provenientes, maioritariamente, da Síria e do Líbano – ofereceram ao Brasil alguns dos pratos imperdíveis que se encontram nos meandros da sua gastronomia atual.

O Homus, uma espécie de paté confeccionado com grão de bico é uma das delícias saudáveis que pode ser encontrada no Brasil e que busca a sua tradição na gastronomia árabe.

Postado por Joel Howell
2018-09-25