Colombianos Incentivados a Jogar Legalmente

Agência Reguladora Colombiana Incentiva os Jogos de Azar Os colombianos devem se conscientizar dos benefícios que os jogos em sites de apostas legais, ou seja, em sites regulamentados, trazem para os serviços essenciais no país, incluindo o sistema de saúde colombiano. A Coljuegos, agência reguladora de jogos e apostas do país, disse que só nos últimos seis anos, o jogo legalizado contribuiu com US$ 2,5 bilhões em impostos para a economia do país, dos quais uma parcela considerável foi utilizada na melhoria do acesso aos serviços de saúde de qualidade para todos os cidadãos do país.

Muitos Benefícios para a Área da Saúde

A agência reguladora disse que se mantém firme com seu slogan: Jogar legalmente é apostar na saúde dos colombianos. Representantes da agência disseram que é fundamental que os colombianos entendam a relevância do slogan, já que ele enfatiza que o fato de apoiar os jogos de azar legais e regulamentados traria uma realidade e uma vida melhor para todo o povo colombiano.

Perez Hidalgo, presidente da Coljuegos, disse que graças à gestão institucional e ao esforço de conscientização por parte da agência reguladora as pessoas estavam se conscientizando sobre os muitos benefícios de se jogar jogos de azar no país.

Um Contribuinte Importante

Hidalgo disse que era importante entender e reconhecer o fato de que a indústria de aposta regulamentada da Colômbia contribuiu com mais de US$ 2 bilhões para a economia local. Hidalgo ressaltou que as estatísticas mostraram que o setor de jogos de azar contribuiu com 44% para a coleta de direitos de exploração em nome do setor de saúde pública.

O presidente enfatizou que a indústria de jogos e cassino online era regida por estatutos e regulamentos, e que essa era, essencialmente, a única maneira de lidar com ela de forma adequada, e de uma forma que acabaria dando origem a um setor saudável e funcional da economia contribuinte.

A divisão de receita entre cassinos físicos e online é muito equilibrada, com cassinos físicos e bingos contribuindo com 60% da receita tributável, e com apostas online contribuindo com os 40% restantes. Atualmente, doze operadores online legais oferecem serviços dentro das fronteiras da Colômbia.

A Colômbia também está fazendo sua parte para conter as atividades irregulares de operadores ilegais online e físicos. Até maio deste ano, as autoridades apreenderam mais de 21.821 jogos sem licença, prenderam 33 dos operadores que ofereciam jogos não licenciados e encerraram 419 operações online ilegais.

Fontes:

https://www.gamblinginsider.com/news/5618/legal-gambling-raises-25bn-for-colombian-healthcare

Postado por Joel Howell
2018-07-24